Review Casa Cor 2017

IMPORTÂNCIA DO CASACOR

O Casa Cor é o mais importante evento de arquitetura e interiores da América Latina, reunindo grandes nomes da arquitetura e design de interiores.

São Paulo tem o destaque por receber o maior público, mas o evento tem ampliado o espectro e ocorrido em várias cidades do país.

No Casa Cor é possível ver as principais tendências que irão nortear o mercado e profissionais de criação na área de arquitetura e interiores.

Para saber mais sobre o casacor e ficar por dentro das próximas edições vale a pena conferir o site oficial do evento.

É por isso que todos os anos, estamos presente para participar e atualizar sobre as novidades do ano.

O que vimos em 2017

Nesse ano pudemos perceber o uso frequente dos tons de verde e esmeralda em composição com elementos de cobre e lâmpadas de filamento que continuam forte mais um ano.

Outro elemento que já vemos há alguns anos e continua presente são as pastilhas de vidro hexagonais e os acabamentos em laca com efeitos de aço escovado.

O uso do aço carbono, muito presente em vários ambientes, mostram a flexibilidade e aplicabilidade em diferentes funções: Guarda roupa, armário de cozinha, prateleiras, suportes para iluminação, etc.

O aço carbono é um material leve, com propriedades mecânicas de resistência de peso e durabilidade. Não enferruja, não entorta…

Esse material é relevante, pois pode ser adaptado à vários estilos de arquitetura e reaproveitado à novas funções, transformando os ambientes.

É importante ainda ressaltar o acrílico em peças de design como mesas, artigos decorativos,
bancos e outros.

O acrílico também é um material muito dinâmico, sendo leve, atérmico e resistente.

Fica evidente a harmonia na composição e a valorização das atividades cotidianas com a setorização dos ambientes, buscando maior conforto e praticidade no dia a dia, bem como ressignificando os ambientes e suas funções.

Um exemplo claro dessa proposta, são as áreas de banho panorâmicas transformado em ambientes de descanso e contemplação, dissociando das células sanitárias, que possuem espaço reservado fora desse contexto.

É válido notar que em contraste à sustentabilidade proposta pela organização do evento (como já comentamos em postagem em nossas redes), os ambientes não tiveram a mesma preocupação.

A aplicação de materiais não renováveis, uso de elementos de origem animal entre outros de difícil reciclagem e que geram grandes quantidades de resíduos de obras.

Devido à magnitude e influência do evento, acreditamos que deveria haver mais responsabilidade em trazer novas interpretações e soluções de técnicas sustentáveis, bem como ressaltar a importância da arquitetura como uma ferramenta social, ampliando sua representatividade social. Por vezes, vemos conceitos pouco aplicáveis à realidade brasileira.

Destaques

Os destaques do evento na visão da equipe D’Sapê:

Sandra Moura

A arquiteta apresentou um ambiente autoral que tornou palpável o artista.

Marina Linhares

Seu bom gosto e harmonia com toques característicos da cultura brasileira.

Alex Haanazaki

Genialidade em transformar peças sanitárias em elementos escultóricos para o paisagismo.

Maicon Antonioli

Uso de cores combinadas à uma personalidade marcante, ambiente muito bem elaborado e autoral.

Suite Arquitetos

Muita originalidade, especialmente na elaboração do dormitório do casal, a parede em tensoflex confere ao espaço uma ideia de acolhimento, o banheiro panorâmico acrescenta sofisticação e inovação.

Paola Ribeiro

Composição de cores quentes e frias muito bem elaborada, ambientes muito aconchegantes e com destaque para a área de banho envolta por paredes verdes.

Michel Safatle

A Casa Cosmos elaborada por Michel faz jus ao nome, o partido arquitetônico fala pelo projeto.
O arquiteto faz uso de elementos psicodélicos para compor o tema Cosmos.

Léo Shehtman

O trabalho do arquiteto Léo Shehtman é um dos mais importantes da mostra, ele traz um conceito de grafismo ao projeto de interiores, compondo elementos apenas e preto e branco com diversas estampas para conseguir efeitos de profundidade e sobreposição. O projeto ao mesmo tempo conceitual e funcional, atende a públicos de gosto muito singular e sofisticado.

Não conseguiu ir no Casa Cor São Paulo em 2017?

Não se preocupe, selecionamos algumas imagens tiradas no evento e colocamos em tour virtual para ficar um pouquinho mais próximo do que vimos.

Confira!

Pin It on Pinterest

Share This